Métodos tradicionais de vinificação, lado a lado com a tecnologia enológica mais avançada, originam vinhos que vão ao encontro do consumidor mais exigente.

A aliança entre a tradição e a modernidade tem sido a chave da estratégia na Quinta do Casal da Coelheira.
Preservando a arquitectura tradicional Ribatejana, a adega data do primeiro terço do século XX e ostenta bonito e agradável pátio interior, ladeado por paredes brancas caídas.

A utilização de pisadores mecânicos e um avançado sistema central de controlo de temperaturas permite-nos agora processar uva em função das características de cada vinha, fermentando separadamente todas as castas, até ao momento em que os enólogos decidem a combinação perfeita entre os diferentes vinhos produzidos.

No sentido da constante melhoria na qualidade, implementou-se um plano de controlo no processo de vinificação – plano HACCP*. Um sistema direccionado para o controlo de pontos críticos e não para uma simples inspecção do produto acabado.

*HACCP – Hazard Analisys and Critical Control Points